Novos Sets Lego Star Wars para 2016

Timidamente começam a aparecer pela internet os novos sets Star Wars de 2016. Apanhando a embalagem do episódio VII, a lego multiplica os esforços em fazer sets novos.

Até agora consegui encontrar 17 sets novos para o ano de 2016 onde se incluem a nova série de Microfighters (a qual tenho especial interesse só por causa das minifiguras!).

Agrada-me especialmente o facto da lego não ter se dedicado em exclusivo a sets no novo filme, tendo uma aposta sólida em sets da série de animação de Star Wars Rebels e de cenários de outros filmes (como A batalha de Hoth e o congelamento de Han Solo em Carbonite). Também parece estar a apostar em grande nas Buildable Figures, uma espécie de action figures com cerca de 25 cms de altura. Sinceramente não me chamam muito a atenção embora tenha um Darth Vader que eu acho fantástico!

Já estou ali a apontar para os 4 novo battle packs cheios de figuras e para o belo do Boba Fett que persistentemente ainda não veio parar à minha colecção.

Fica então uma lista extensa dos 17 novos conjuntos:

Lego Microfighters Series 3

Sets Lego

Buildable Figures

DC’s Legends of Tomorrow

Saiu esta semana mais um trailer de uma nova série da DC: DC’s Legend of Tomorrow. Esta série mostra que a DC pretende, com o sucesso que conseguiu através da série Arrow e The Flash estender ainda mais o universo na TV.

Em que consiste esta série? Basicamente pegaram em heróis e vilões que já apareceram nas séries Arow e Flash, nomeadamente Atom, White Canary (Antiga Black Canary que apareceu no Arrow), Captain Cold, Heat Wave, Firestorm e os recém aparecidos Hawk Girl e Hawk Man. Com eles construiram uma equipa cujo objectivo é salvar o mundo. E salvar de quem? Vandal Savage.

Savage é um herói mítico do universo DC. Um ditador sem escrúpulos que pretende dominar o mundo. E qual é o twist? É que ele tem tempo, muito tempo porque ele é imortal. Lembro-me perfeitamente de um episódio da série de animação da Justice League em que o Superman (penso que era ele) viaja para o futuro e o mundo acabou e apenas sobrou uma pessoa: Vandal Savage. É engraçado que ele nessa altura tinha-se tornado um filantropo e chegou à conclusão que tudo o que tinha feito foi em vão e que iria passar a eternidade sozinho…

Mas voltando ao Legends of Tomorrow, aparentemente este grupo é reunido por um tipo chamado Rip Hunter, um herói que na BD viaja no tempo com a sua equipa, Challengers of the Unknown. Pouco ouvi falar dele, mas parece-me quase um Dr. Who da DC.

Apesar do trailer parecer porreiro, parece-me uma aposta um pouco estranha da DC. Sempre pensei que eles iam introduzir a série do Atom e a pouco e pouco iriam fazer séries dos super heróis da Justice League porque pouco falta. Existia um rumor que John Diggle, o ajudante do Green Arrow, ia ser de facto o Green Lantern porque o nome do Green Lanter negro é John Stewart e Diggle podia-se muito bem chamar John Stewart Diggle. Pelas minhas contas só faltavam mesmo o Superman, o Batman, o Cyborg, o Martian Man Hunter e a Wonder Women porque o Arrow, o Flash, Green Lantern (assumindo que é o John Diggle) o Atom e a Hawk Girl/Man já lá estavam. Ainda ocorreu um rumor em como iam interligar o universo das séries de TV com os dos filmes, juntando o grande e pequeno ecrã e construindo assim a Justice League. Mas penso que é apenas um rumor e é pouco provável de acontecer. O mundo dos direitos de TV/Cinema é um mundo complexo e aquilo que os fans querem nem sempre é aquilo que os fans têm (na maioria das vezes não têm mesmo).

Não sei que pensar da série ou desta equipa. Acho que é uma experiência que pode correr muito mal à DC dado que parece ter sido arrancada a ferros de modo a aproveitar alguns heróis e vilões introduzidos nas séries Flash e Arrow.

Aqui fica o trailer. Tirem as vossas próprias conclusões. A 21 de janeiro contem com um post com a minha opinião do primeiro episódio.

A evolução de um Set Lego

A Lego evoluiu muito ao longo dos anos. Desde os modelos bastantes simples e com figuras com pouco detalhe, até aos sets complexos, quase que feitos para adultos e com figuras de grande detalhe. Foi graças a esta evolução e à sua associação com grandes IP’s (como Star Wars, Lord of the Rings, Dc, Marvel, etc) que a Lego cresceu para o gigante mundial que é hoje. Nas promoções é a primeira a desaparecer e talvez uma das poucas empresas que nas épocas festivas tem dificuldade em satisfazer a procura.

Apesar da grande criatividade dos designers da Lego, muitos dos sets são reeditados tendo novas versões mais actualizadas e por vezes bastante mais detalhadas. Escusado será dizer que as versões retiradas do mercado atingem valores proibitivos. Só para se ter uma ideia dos preços, a cantina de Mos Eisley abaixo custava cerca de 30€ quando foi lançada em 2004. Mais de 10 anos depois, uma caixa selada pode ser facilmente encontrada no ebay por 250€ o que faz uma valorização de cerca de 833%.

Mos Eisley

Mais dois exemplos: Sandcrawler e o Palácio de Jabba, the Hut :

SandCrawler

Jabba's Lair

Como estes exemplo há muitos. Só mostra que a Lego é um brinquedo intemporal, que se valoriza bastante ao longo do tempo e que se actualiza melhorando em qualidade e detalhe (dá para ver só pela qualidade das caixas e detalhe das construções). E aquilo que me espanta mais é que deve ser dos poucos brinquedos do mercado que satisfaz tanto crianças como adultos. Eu sou um desses exemplos :).

Exposição Star Wars no El Corte Inglès de Lisboa

Com o aproximar da estreia do episódio VII, o El Corte Inglés decidiu fazer uma exposição alusiva ao tema. São cerca de 100 metros quadrados totalmente dedicados a este universo com items da coleção de Alfredo Calles e Jorge Jimenez, dois fans da Star Wars que ao longo dos anos foram coleccionando um pouco de tudo.

Na exposição de cerca de 100 metros quadrados temos muitas estatuetas, storyboards originais dos filmes, bustos, fotos autografadas, alguns artigos usados no próprio filme (como uma máscara Ewok reconstruida por Tom Spina). Temos também uma versão em tamanho real do Han Solo congelado em carbonite, uma Jawa, um Sand Trooper (Stormtrooper que aparece em Mos Eisley) e um oficial do Império. É uma exposição pequena, no entanto faz-me querer ser dono da maioria daquelas peças.

A exposição tem entrada livre e pode ser visitada de segunda a quinta-feira das 10h às 22h, às sextas-feiras e sábados das 10h às 23h30 e aos domingos das 10h00 às 20h00. Pode ser visitada até ao início de 2016.

Captain America: Civil War

Saiu recentemente o trailer do novo filme da Marvel “Captain America: Civil War”. Muito se tem falado sobre este filme e como ele vai ser quase um Avengers 3, dado que quase todos os heróis que conhecemos entram nele.

Este trailer é daqueles que não gosto de ver porque conta parte da história. Aparentemente Bucky, o Winter Soldier e amigo de infância anda fugido às autoridades e o Capitão América decide ajudá-lo a fugir. Obviamente que isto divide a equipa onde parte se alia ao Capitão e outra parte à equipa do Iron Man. Espero sinceramente que haja um plot twist onde aparece um supervilão qualquer, fazem todos as pazes e partem para a luta…

Segundo se fala a Equipa do Capitão vai ser constituida por Falcon, Bucky, Hawkeye, Ant-Man e Scarlet Witch. Já na Equipa do Iron Man estará War Machine, Black Widow, Vision, Spider Man e Black Panther. Segundo as minhas contas só falta mesmo o Fury, Thor e o Hulk e a festa estaria completa.

Mas Spider Man e Black Panther são a grande surpresa. Spider Man, cujos direitos foram comprados à Sony, vai fazer parte (finalmente) do Marvel Cinematic Universe (MCU). Penso que o MCU só tem a ganhar com esta adição dado que Spider Man é parte integrante da equipa dos Avengers e vai ser uma adição estrondosa. Black Panther vai ter sua apresentação neste filme antes de ter o seu próprio filme lá para 2017. Isto mostra da parte da Marvel que o MCU é para continuar a expandir com novos Heróis antes do épico final em Infinity War onde vão lutar contra o super vilão Thanos e aí sim vai ser épico. Épico porque vamos ter num só filme uma carrada enorme de super heróis. Espectativa alta? Sim, absolutamente!

Por agora, fica o trailer do Capitão América que tem estreia marcada para 6 de Maio de 2016.

Tease da Season 6 de Game of Thrones

Se ainda não viu a série do Game of Thrones até ao fim não continue. Existem spoilers mais à frente…

A HBO lançou hoje um tease da nova season de Game of Thrones que deve estrear lá para Abril do próximo ano. Pelo menos assim dá a entender o cartaz que em letras bem gordas diz ‘April’. Este cartaz também dá outro spoiler que está a deixar a internet maluca. Para quem pensava que Jon Snow tinha morrido, acho que este cartaz diz tudo.

Já havia bastante desconfiança de que Kit Harington continuava associado à série. Primeiro o actor no verão, depois da série já ter terminado, ainda continuava com o mesmo look característico (provavelmente o contracto impede uma mudança de visual). Depois o actor foi fotografado em Belfast, cidade onde grande parte da série é filmada. Por último, o actor deixou “fugir” numa entrevista em Setembro que só quando tivesse 30 anos é que deveria Game of Thrones deixaria de fazer parte da sua vida  (ele tem 28 actualmente).

Tudo isto são boas notícias para mim, dado que gosto bastante do personagem. Embora sei que a qualquer momento todos morrem, fico feliz por desta vez alguém sobreviver. E que linda vingança vai ser. Já estou a esfregar as mãos para ver o resultado!

Jon Snow

Em resumo, o cartaz cumpre uma dupla função: avisa os fans qual a data do lançamento da nossa season e ao mesmo tempo dá uma pequena dica em como Snow não morre. Só este último facto deixa metade (ou mais) da legião de fans a suspirar de alívio pelo menino querido da série ainda estar vivo.

 

Tshirts Geek

Sempre fui amante de tshirts que tivessem alusão a temas da cultura pop: Star Wars, MARVEL, DC, TMNT, you name it. Infelizmente, e até à pouco tempo atrás, essas tshirts eram não só difíceis de encontrar como caras de adquirir.

Lembrei-me de falar sobre este assunto porque a minha cunhada, sabendo do meu gosto por estas coisas, decidiu-me oferecer uma tshirt. Neste caso concreto relativo ao grande filme que está quase a estrear: Star Wars episode VII.

Force Awakens Tshirt

Este sítio mágico onde se consegue arranjar sempre bastantes tshirts cool é a Primark. Por apenas 8€ conseguem-se tshirts sobre variados temas, a um preço acessível e estão sempre a haver novas.

Heis dois exemplos das muitas tshirts que lá comprei :

PopTshirt

Sei que existem mais sítios a vender. Tipicamente as lojas de roupa mais comuns costumam ter tshirts com estas temáticas mas são sempre mais caras e a variedade nunca é grande. Até nas lojas continente (lojas Mo) já encontrei tshirts do Game of Thrones e Star Wars. Mais uma vez mais caras e sem grande variedade.

Aconcelho vivamente a Primark para a aquisição deste tipo de items: é barato, tem variedade sendo a qualidade bastante aceitável.

A dinâmica das Minifiguras Lego – Parte 1

Comecei a coleccionar a sério Lego à cerca de 2 anos “vítima” de uma grande amigo que já o coleccionava. Mas quando digo coleccionar Lego não falo dos grandes Sets, mas sim das pequenas Minifiguras que ao longo dos anos evoluíram. Passaram de ser bonecos amarelos simples e com uma cara padrão (dois pontos e uma boca) para figuras complexas, cheias de detalhe e onde a cara quase que define a sua personalidade.

Inicialmente comecei pelas pequenas saquetas de minifiguras. Uma colecção que se divide em séries e é composta por 16 Minifiguras únicas, de temas variados e em saquetas fechadas. Estas séries começaram a ser lançadas em 2010 e são lançadas cerca de 3 por ano. Quando começei a coleccionar já ia na série 11 embora ainda tenha conseguido encontrar a série 7 à venda por apenas 2€. Bons velhos tempos em que cada saqueta era comprada por 2€. Porque hoje para além da qualidade da figura ter diminuído (não em termos de aspecto, mas em termos de qualidade dos materiais) as saquetas também aumentaram de preço custando qualquer coisa como os 2.99€ e 3.99€. Isto não parece muito mas se fizermos as contas, uma colecção de 16 figuras que antigamente custava 32€ hoje nunca fica a pelo menos a 48€.

Escusado será dizer que este tipo de coleccionismo centrado exclusivamente em Minifiguras foi um brutal sucesso. Tão brutal que à medida que o tempo passa o seu valor cresce de forma abismal. Só para se ter uma ideia, figuras da primeira série que eram vendidas a apenas 2€, facilmente chegam aos 10€ sendo a mais cara da série a enfermeira que facilmente consegue passar os 30€.

Lego Série 1
Lego Série 1

E tipicamente não fica por aí. Apesar de se ainda conseguir arranjar bons negócios com figuras de séries antigas, existem certas figuras que atingem valores quase proibitivos para um pedaço de plástico tão pequeno. Tipicamente são as figuras mas cool, mas também o preço pode ser traçado pela sua raridade dentro de uma caixa. Ou seja, uma caixa de figuras é constituída por 60 saquetas. Se nessas 60 só existirem 2 ou 3 figuras de um determinado tipo, essa figura torna-se rara. Apesar de hoje em dia as caixas trazerem pelo menos 3 figuras de cada, nas caixas originais das séries não era bem assim.

Caixa de Lego Série 1
Caixa de Lego Série 1

E até agora só falámos de figuras das séries, porque minifiguras temáticas (Star Wars, Lord of the Rings, Marvel, DC, etc) são outra história completamente diferente. Figuras que são entregues de forma gratuitas nas Comic Cons dos Estados Unidos chegam rapidamente a valores absurdos de 300€, 400€ para cima. Porquê? São exclusivas, por vezes únicas e muito limitadas.

Ser colecionador não é fácil e entrar nesta dinâmica de conhecer o que é e o quê não é também não. Este é apenas o primeiro de uma série de posts em que irei escrever sobre estratégias que uso para comprar figuras, revelando alguns dos métodos que uso e que já me fizeram poupar bastante dinheiro.