Uchu Sentai Kyuranger

Os mais aficionados da cultura Pop Japonesa sabem o que é o Super Sentai. Para aqueles que não conhecem Super Sentai é um programa infantil japonês de super heróis (tipicamente 5) que possuem poderes especiais para lutar contra as forças do mal. Tipicamente os poderes estão associados a animais (reais ou mitológicos) e possuem grandes robots que se unem entre si para formar um super robot. Este programa estreou em 1975 e á teve 40 séries diferentes.

No ocidente este estilo foi popularizado pelos famosos Power Rangers. De facto os Power Rangers foram baseados na série de Super Sentai em que as cenas de luta quer entre os Power Rangers, quer entre os Zords, eram de facto cenas da série original.

Em 2017 o Super Sentai vai estrear a sua 41ª série e pelo que se fala vai ser ser em grande. O tema vai ser constelações e vamos ter não uma equipa de 5 mais uma equipa de 9 heróis.

Uchu-Sentai-Kyuranger

  • Leão Vermelho (Shishi Red) diz-se que nasceu com sorte, o que lhe dá um poder especial quando luta. É chamado A Grande estrela da Sorte.
  • Lobo Azul (Ookami Blue) é um Jyujin (ou um homem besta) especialista em combate. A sua alcunha é o Lobo do espaço.
  • Touro Preto (Oushi Black) é um robot construído para fazer wrestling. A sua alcunha é Touro furioso.
  • Balança Dourada (Tenbin Gold) é um android com a alcunha de Mechaman com o poder de controlar outras máquinas.
  • Serpente Prateada (Hebitsuki Silver) é um extraterrestre com o poder de paralizar os seus oponentes.
  • Escorpião Laranja (Sasori Orange) é um guerreiro veterano que usa técnicas de envenenamento o que lhe valeu a alcunha de The Stinger Soldier.
  • Camaleão Verde (Chameleon Green) é um extraterrestre ninja que consegue mudar a cor do seu corpo e camuflar-se. Ela tem a alcunha de The Surprise Ninja.
  • Águia Cor-de-Rosa (Washi Pink) é um android que possui super velocidade e grandes capacidades de luta o que lhe valeu a alcunha de The Super Flying Warrior!
  • Peixe-Espada Amarelo é um Chef que luta usando armas com lâminas.Tem a alcunha e The Finishing Move Chef!

E com isto temos uma nova equipa de heróis que vão salvar o mundo na 41ª série de Super Sentai

Into the Badlands

Into the Badlands

Recentemente passou-me no radar a nova série da AMC. Uma pequena série de 6 episódios passada num cenário pos apocalíptico. Infelizmente a última que vi do género, Revolution, não correu muito bem e até acabou por ser cancelada.

Voltado à série que interessa, Into the Badlands é passado num futuro apocalíptico onde as armas de fogo foram banidas e onde a região da América é controlada por 7 barões. A história segue o personagem principal de nome Sunny (Daniel Wu), um clipper de um dos barões de nome Quinn ( (Marton Csokas). O que é um clipper? É simplesmente um dos guerreiros dos barões peritos na arte da luta corpo a corpo e de armas. Sunny em particular é o regente dos clippers de Quinn, ou seja, é o líder. A adicionar ao enredo existe ainda M.K. (Aramis Knight) um rapaz que possui um grande mistério. No decorrer da história Sunny toma M.K. como seu discípulo de modo a controlá-lo e a ajudá-lo a dominar a sua habilidade.

Sunny

Em termos de drama, tem uma grande trama política entre os barões que torna a história mais densa, que lhe dá bastante interesse e provoca bastantes conflitos. É nestes conflitos que surge o que para mim é das melhores sequências de artes marciais que já vi em séries de televisão. Todos os episódios existem pelo menos 2 sequências muito boas e excelentemente protagonizadas pelo personagem principal, Sunny. E esta para mim é talvez a razão principal pela qual a série pode ter um grande sucesso. Apesar da história ser interessante, não é fascinante mas as cenas de luta dão-lhe uma dimensão que não é comum hoje em dia em séries de televisão.

Como já referi, a primeira season tem apenas 6 episódios. Os primeiros 2 começam tímidos mas rapidamente a série ganha tracção, interesse e constrói bastante bem a história para a já confirmada segunda season.

Com toda a certeza, uma série a acompanhar de perto!

Kung Fu Panda 3

Parece que o nosso panda favorito está de volta. Confesso que sou grande fã da animação da Dreamworks e especialmente de Kung Fu Panda (talvez por ser fanático por séries de artes marciais).

Esta história de Pandas e Kung Fu teve tanto sucesso que até o World of Warcraft criou uma expansão chamada Mists of Pandaria. Coincidência? talvez não.

Po

Por agora fica o trailer do novo filme que promete levar os Pandas a outro nível e continuar com a saga de Po, o panda mais comilão de sempre e mais ninja também.

Crouching Tiger Hidden Dragon: Sword of Destiny

Sempre fui um grande aficionado de artes marciais, principalmente de filmes de artes marciais. Bruce Lee, Jackie Chan, Jet Li, Donnie Yen e até Chuck Norris acompanharam a minha infância. Tentei ver muitos filmes de artes marciais chineses, mas considero que sempre me pareceram um pouco alternativos. Isto até chegar O Tigre e o Dragão.

O Tigre e o Dragão foi não só uma surpresa para mim como para meio mundo. Foi o filme de língua estrangeira que mais facturou nos Estados Unidos ($128 milhões segundo a wikipedia) e um estrondoso sucesso mundial. Surpresa porque quer pelo género, quer por ser um filme em mandarim não é normal.

Este filme marcou uma geração. Apesar de o considerar em alguma partes não seguia o tipo de filme que o mundo ocidental está habituado, convenceu pela história, pelos personagens e sobretudo pelas lutas de artes marciais com armas bem ao estilo do que o oriente está habituado a oferecer.

SwordOfDestiny

16 anos depois da sua estreia, a Netflix decidiu pegar no IP e lançar uma sequela. Do filme original nota-se logo uma grande diferença. Este vai ser falado em inglês. A segunda é que apenas Michelle Yeoh (Yu Shu Lien) faz a ponte para o filme original. Como reforços de peso temos Jason Scott Lee (o homem que fez de Bruce Lee em 1993 no filme Dragon: The Bruce Lee Story) e o grande Donnie Yen (o IP Man).

Pelo trailer o filme parece estar mais ocidentalizado com lutas na mesma categoria que o seu antecessor, mas vamos tirar conclusões quando ele estrear a 26 de Fevereiro de 2016 no Netflix. Até lá, é ver e rever o trailer.