Nova Máquina – Parte 2

No último artigo falei sobre os 3 primeiros componentes da minha nova máquina: a motherboard, o processador e o cooler. Hoje vou falar sobre as minhas escolhas em termos de memória, disco e fonte de alimentação.

Memória

De memória meti na cabeça que o valor ideal nos tempos que correm eram 32 GB. Estava interessado em comprar 2 dims de 16GB de modo a poder no futuro meter mais 32GB e ficar com 64GB. Assim, e depois de alguma procura, decidi-me pelas Gskill Ripjaws V DDR4-2400MHz 2x16GB. Foi a sugestão de um amigo e não vi porque não. Existem memórias mais rápidas, nomeadamente a 2800, 3000 e 3200 MHz, mas achei que a diferença de preço não justificava o ganho de performance que iria ter.

Incrivelmente, em nenhuma das Amazons havia sets com 2 dims de 16GB. Por isso este foi o único componente que comprei em Portugal, mais propriamente na PCDiga, o sítio mais barato que arranjei.

Ripjaw 32GB

Disco

Em tempos já tinha comprado um SSD de 256GB, mais propriamente um Samsung 850 EVO SSD. O objetivo dele na altura era acelerar um netbook que a minha mulher tinha. Cumpriu a sua função MUITO bem. Agora que a minha mulher tem um portátil novo, consegui reutilizar este disco e tornou-se no disco do Sistema operativo da minha nova máquina.

Ainda pesquisei os novos Samsung 850 Evo M2, mas achei que a diferença de performance não justificava, por agora, o investimento. Como já tinha um SSD, achei melhor investir o dinheiro noutros componentes.

Para além deste disco, vou colocar 3 discos de 3.5 que já tinha cá em casa. 2 de 500 GB e 1 de 1TB.

Fonte de Alimentação

Este foi talvez o componente mais killer porque não precisava de uma fonte tão boa. No entanto pareceu-me um bom investimento dado que precisava de uma fonte fiável face ao restante material que tinha. Por isso escolhi, dentro da gama da corsair mais alta, o modelo de 860W Corsair AX860. Esta fonte, para além de ter uma muita boa eficiência energética, é modular. Isso significa que se coloca os cabos que se necessita o que é magnifico e contribuiu para uma torre muito bem arrumada.

Com isto só me falta falar da placa gráfica, caixa e do monitor, assunto que ficará para a 3ª parte deste artigo.

One thought on “Nova Máquina – Parte 2”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.