Trailer de Rogue One descascado

Rogue One

Ontem foi o lançamento mundial do trailer de Rogue One, o primeiro filme da saga Star Wars que não está directamente relacionado com os episódios principais.

Este em particular com a história de uma equipa rebelde que consegue roubar os planos da estrela da morte. Ora nós já sabemos que eles conseguem porque no episódio IV os rebeldes já possuem os planos para a destruirem… a questão é como o conseguem.

E o que se consegue descascar do trailer?

Bom para começar o nome do personagem principal: Jyn Erso. Segundo o trailer uma rebelde problemática, agressiva , indisciplinada e acusada de vários crimes contra ao império. Aparentemente foi presa pelos rebeldes (as primeiras cenas vê-se ela a ser escoltada algemada), mas, devido às suas aparentes habilidades, é a escolhida para ir na missão de resgate dos planos.

Outra novidade é o Almirante de fato branco (incomum dentro do império dado que quebra o habitual fato esverdeado). Será ele o principal antagonista? Talvez, no entanto especula-se que Darth Vader também apareça para dar uma “mãozinha”.

Rogue One

Outro dos detalhes que salta à vista é a variedade enorme de soldados do império que existem: Vêem-se uns que comandam uma espécie de tanque, uns negros que parece mais tropas de elite, uma grande variedade de soldados camuflados. Certamente isto ainda é vestígios da era dos clones e dos seus 1000 tipos diferentes. Será certamente uma boa ponte e uma boa fonte de merchandising para a Disney.

Rogue One

Finalmente temos mais uma visão sobre alguns elementos da equipa, especialmente o actor Donnie Yen a dar atestar uns quantos Stormtroopers, e sobre uns AT-ATs, os famosos andantes imperiais que fazem mais uma aparição muito bem vinda (sempre achei que tinham sido pouco explorados).

Duas ausência bastante notórias neste trailer foram Darth Vader e os Jedis. No entanto era o esperado dado que nesta altura poucos eram os Jedis que existiam e este filme é mais sobre os rebeldes e não tanto sobre Jedis. No entanto, Disney… vejam lá que um filme da Star Wars não é filme sem um sabre de luz.

No geral gostei da primeira impressão. Tem aquele feeling de western espacial, o feeling característico dos Star Wars originais. Em Dezembro veremos o resultado final e, como sempre, lá estarei na estreia de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.