O filho vermelho chegou ao Covil

Red Son

“E se o Super Homem tivesse caído na união soviética?”. Esta é a permissa da história de BD da autoria de Mark Miller. Em Superman Red Son, a nave de Kal’el cai numa pequena terra da Ucrânia e não no Kansas mudando completamente o mundo à sua volta. Nesta história passada no auge da Guerra fria, Super Homem simboliza o poder da União Soviética de Staline e do socialismo.

Ainda só li as primeiras páginas mas parece-me uma grande obra de ficção. Ansioso por lhe deitar as mãos e acabá-la. Uma coisa é cerca: estou ansioso por descobrir o Batman soviético. Épico!!!

Superman Red Son

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.